alimentação fora de casa, o QG tem a solução para você

                                                               Comer fora de casa? O QG Jeitinho Caseiro é a solução

Comer fora de casa tem se tornado cada vez mais uma tendência entre os brasileiros. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Foodservice Brasil – IFB, em 2018 o mercado de alimentação fora do lar movimentou cerca de R$ 205 bilhões, sendo que o ticket médio gasto pelas pessoas que têm este hábito costuma ser de R$ 14,00.

A previsão é que estes números continuem a crescer. Isso porque a vida das pessoas está ficando cada vez mais atribulada, ou seja, não tem lhes sobrado tempo suficiente para preparar suas próprias refeições, o que faz com elas tenham que tomar café da manhã, almoçar e, em alguns casos, até mesmo jantar fora de casa.

Outro ponto que tem impulsionado o crescimento desta tendência é o fato de muitos morarem longe de seus locais de trabalho, razão esta que lhes impede de voltar para casa para poderem se alimentar conforme gostariam. Além disso, não saber cozinhar ou viajar com certa frequência, também tem levado as pessoas a recorrerem às mais variadas opções de alimentação fora do lar.

Por mais que esta seja uma tendência crescente, é importante entender que comer fora de casa, independentemente da razão, não é justificativa para se alimentar mal, ou seja, para não comer de forma saudável e nos horários específicos destinados à cada refeição, já que existem lanchonetes, restaurantes, fast-foods e diversos outros estabelecimentos, que já estão preparados para oferecer alimentos saudáveis, capazes de contribuir para a sua saúde e bem-estar de todos.

Assim, se você se encaixa neste perfil de pessoas que têm enfrentado dificuldades para preparar as próprias refeições e se alimentar em casa, o artigo de hoje é voltado para você. Vem conosco nesta leitura e confira de que forma você pode comer alimentos nutritivos em seu dia a dia e se manter sempre saudável.

Por que cresce o número de pessoas que come fora de casa?

Em outubro de 2018 o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística – IBGE divulgou uma pesquisa sobre o crescente hábito da alimentação fora de casa. De acordo com o levantamento feito 34% dos brasileiros comem fora do lar, sendo que esta prática consome aproximadamente 25% da receita mensal do trabalhador de nosso país.

Em uma outra pesquisa, desta vez realizada pela Fiesp/Ibope, o local que está no topo da preferência dos brasileiros, quando o assunto é comer fora de casa, são os restaurantes por quilo, ficando com 27% da escolha, seguidos das lanchonetes ou redes de fast-food, com 19%. Já os restaurantes à la carte e as padarias ficam com 18%, os bares com 11% e os vendedores ambulantes com 6%.

Esta mesma pesquisa concluiu que o almoço é a refeição que mais é realizada fora do lar. Cerca de 53% da população brasileira informou que, ao menos uma vez na semana, costuma almoçar fora de casa. O café da manhã ficou com 33%.

Ainda falando sobre os dados da alimentação fora de casa, um terceiro levantamento, dessa vez realizado pela Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador – ABBT, o custo para fazer refeições fora do lar pode chegar a até R$ 751, caso uma pessoa queira comer fora todos os dias. Isso acontece, em decorrência do valor médio de uma refeição completa, ou seja, que contempla prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café, podendo esta chegar a um custo de R$ 34,14.

Analisando todos estes dados, a pergunta que fica é: o que tem levado tantos brasileiros a comer fora todos os dias? Veja algumas das razões para este comportamento, cada vez mais crescente, a seguir:

Falta de tempo

O número um na lista de justificativas que têm levado cada vez mais brasileiros a comer fora do ambiente doméstico com certeza é a falta de tempo. Conforme dissemos no início deste texto, são inúmeras as demandas que necessitam da atenção das pessoas, o que, em diversos casos, tem feito com que muitas não disponham de tempo e condições para preparar seus alimentos.

A rotina é realmente atarefada, com atividades profissionais a serem desenvolvidas, bem como pessoais, que acabam por se tornar um impedimento para que a pessoa dedique um momento para cuidar da própria alimentação. No final do dia o cansaço é tão grande, que muitos, além de já terem tomado café e almoçado fora, ainda recorrem ao delivery para poderem comer sem precisar colocar a mão na massa.

Praticidade

Outra justificativa para que as pessoas invistam em alimentação fora do lar é a praticidade. Por mais que lhes sobre um pouco de tempo para se dedicarem à preparação de suas refeições, muitas pessoas, principalmente os casais sem filhos, optam por aproveitar este tempo de outra maneira e preferem comer fora, mesmo que isso pese um pouco mais em seus orçamentos.

Para elas, é muito mais prático tomar café, almoçar e, em alguns casos, jantar, fora de casa, pois não precisam ficar horas na cozinha, preparando os alimentos e lavando louça, e muito menos fazendo grandes compras de supermercado.

Morar longe do trabalho

Nem todas as pessoas têm o privilégio de morar perto de seus locais de trabalho. A consequência disso é muitas delas terem que fazer suas principais refeições na rua, por não lhes sobrar tempo para o preparo dos alimentos e muito menos para o seu consumo em casa.

Quem mora longe, em muitos casos, precisa acordar cedo para chegar a tempo no trabalho e, em decorrência disso, acaba pulando o café da manhã ou deixando para fazer esta refeição em locais mais próximos de suas empresas.

Além disso, a distância e a falta de tempo também as impedem de almoçar em casa ou de preparar o almoço e levar para comer em seus locais de trabalho, fato este que impulsiona o crescimento do número de pessoas que se alimenta em estabelecimentos fora do lar.

Não saber cozinhar

Existem muitas pessoas por aí que se encaixam no perfil daquelas que vivem dizendo: “não sei cozinhar”. Você conhece alguém assim? Se conhece, sabe que, por mais que queiram e já tenham se esforçado para aprender, elas já desistiram e entenderam que não possuem dotes culinários suficientes nem mesmo para preparar suas próprias refeições.

Assim, a única saída que encontraram foi pela alimentação na rua, que não lhes deixa ficar com fome nos momentos em que mais precisam.

Viagens constantes

E no final desta lista há também aquelas pessoas que, em consequência das constantes viagens profissionais que precisam fazer, são encontradas a todo momento em uma padaria, tomando café da manhã, ou em restaurantes e lanchonetes almoçando, fazendo um lanche, ou escolhendo algum petisco para poderem jantar.

Como o QG Jeitinho Caseiro te ajuda a comer bem fora de casa?

Se ao ler cada um dos itens anteriores você identificou algum aspecto de sua vida, saiba que nem tudo está perdido, pois, como dissemos no início do texto, é possível sim comer bem e de forma saudável fora de casa. Isso porque, nenhuma das razões acima é justificativa para que você não coma alimentos nutritivos e essenciais, que vão te ajudar a cuidar da sua saúde, bem como da sua qualidade de vida.

Sendo assim, contar com restaurantes como o QG Jeitinho Caseiro, por exemplo, é garantia de que você vai se alimentar de pratos altamente saborosos e que vão te oferecer os nutrientes de que você necessita para uma vida mais saudável, cheia de disposição para trabalhar e se dedicar também a seus projetos pessoais.

Em nosso cardápio você encontra opções para todos os gostos, como é o caso da nossa seleção de grelhados, ideais para o dia a dia; pratos especiais da casa, que são alternativas para quem deseja algo um pouco mais incrementado; os Low Carb QG, para quem tem restrição alimentar ou está fazendo dieta que não contempla carboidrato; além de um mix variado de saladas, que serve não só para quem está de dieta, mas também para quem realmente prefere algo mais leve em meio à correria e agitação do cotidiano.

Além disso, é possível também encontrar opções de lanches saudáveis, que serão as soluções ideais para todos aqueles que têm como única alternativa a alimentação fora de casa. Tudo isso, com o Jeitinho Caseiro, que você só encontra aqui e que vai te fazer lembrar da comida feita na sua própria casa.

Assim, independentemente de você se encaixar no perfil daqueles que vivem dizendo “ah, mas eu não sei cozinhar”, ou de você ser aquela pessoa que mora longe do trabalho, aqui você tem a garantia de uma alimentação de qualidade, que além de saborosa, é feita com alimentos frescos e realmente nutritivos.

Se o assunto é alimentação saudável fora de casa, a solução você encontra sempre aqui no QG. Vem experimentar um de nossos pratos! Estamos esperando por você!

E se você gostou deste novo artigo do blog aqui do QG, curta e deixe nos comentários sua opinião sobre o assunto, lembrando sempre de continuar nos acompanhando e de compartilhar mais este conteúdo com seus amigos, em suas redes sociais.

 

Créditos da Imagem: QG Jeitinho Caseiro